image description

Centro de Notícias

Anuário Brasileiro de Cobrança 2017 confirma a transformação digital no setor

Publicação que será distribuída no 13º Congresso Nacional de Crédito, Cobrança e Contact Centers inova e traz pesquisa inédita sobre o grau de satisfação do brasileiro com os serviços de autoatendimento

O segundo Anuário Brasileiro de Cobrança, edição 2017, tem como tema principal a transformação digital e as estratégias inovadoras do mercado de recuperação de crédito para garantir o sucesso do negócio. A novidade deste ano é a pesquisa “Perfil do devedor”, realizada com 600 pessoas, em todo o território nacional, que revela o que o brasileiro acha da cobrança digital e do autoatendimento.

 A publicação, que também estará disponível na versão digital no site da Altitude a partir de 23 de outubro, traz ainda um panorama completo do setor, com informações sobre as principais empresas de cobrança do país – como as modalidades de cobranças que praticam, o tipo de produto, formatação do quadro de funcionários, entre outros dados – além de uma análise sobre o futuro da economia brasileira. Executivos dos segmentos de saúde, educação, consórcio, TV por assinatura, loja de departamento, crédito consignado e seguros dividem com o leitor as estratégias para se manterem eficientes e superarem a inadimplência, em um período desafiador da economia brasileira.

Para o CEO da Altitude, Alfredo Redondo, tecnologias como o uso de inteligência artificial estão cada vez mais acessíveis do ponto de vista de custo e seguirão revolucionando a indústria da cobrança: “A utilização dos agentes virtuais, que já estão aí, vai explodir nos próximos um ou dois anos e apenas as renegociações mais complexas serão feitas por agentes humanos”, afirma. Ainda segundo o executivo, a Altitude tem evoluído muito tanto em modelo de negócios como em consultoria de negócios e operacional para a extração de todo o potencial da tecnologia.

O Anuário de Cobrança é uma iniciativa da Altitude - um dos maiores provedores globais de soluções omnicanal para melhorar a experiência do cliente, e do  Instituto GEOC – que representa 16 empresas que juntas respondem por 25% do mercado de recuperação de crédito do Brasil. É desenvolvido pela Cantarino Brasileiro, referência nesse tipo de publicação.

Partilhar: